February, what’s new?

Mais um mês passado.

O tempo é, dos presentes de Deus, o mais bem distribuído.

Ricos e pobres, bonitos e feios, altos e baixos, cristãos, ateus e outros, todos temos vinte e quatro horas por dia. E todos sabemos que um desses dias será o último.

Diz-se que Deus fez as contas para serem oito horas a trabalhar, oito horas a divertir-nos e oito horas a dormir.

Já aqui confessei a minha inaptidão para gerir o tempo, e por mais que saiba que realmente oito vezes três são vinte e quatro, não imagino como haja quem consegue trabalhar, dormir e ainda divertir-se oito horas.

Fevereiro também é um mês que baralha, é o mais pequeno e ainda tem o carnaval, sempre me disseram que esta vida são dois dias mas o carnaval são três (?).

Feito o balanço portei-me benzinho. Cumpri o objectivo de re-experimentar Pilates e estou inscrita numa turma que começa em Março. Mantive o controlo sobre o essencial e o acessório. Cá por casa cozinhou-se e passou-se muito tempo entre peludos. Os conteúdos para o blogue continuaram a ser publicados diariamente.

Já sonhar, a fotografia e a leitura foram três falhanços imperdoáveis!

Mas este Fevereiro também não foi pêra doce, a nossa Laurinha que o diga.

Há uma curiosidade nos meus Fevereiros, este é o mês onde conheço mais pessoas do coração a fazer anos, sendo o trono ocupado, claro está, pelos meus meninos.

Para Março, para além de todos os objectivos definidos no fim do ano, para além de acrescentar “o essencial e o acessório” (mês de Janeiro) e a prática de Pilates (mês de Fevereiro), ainda vem o desafio específico do mês: começar por beber todos os dias pelo menos meio litro de água e acabar o mês a beber um litro de água/dia.💧

Facebookmail

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *