Bom dia minha senhora!

Lembro-me como se fosse hoje da primeira vez que me chamaram “senhora”, corria o ano de 2010.

Estava a entrar num elevador e vinham quatro jovens a correr, o que estava mais atrás disse para os outros “peçam à senhora para manter a porta aberta”.

Nesse pátio havia mais seis elevadores, e por momentos, achei que estariam a referir-se a um outro, que eu, distraída, não reparei estar aberto. A dúvida ficou desfeita quando entraram de rompante no meu…

A verdade é que foi literalmente de um dia para o outro que este fenómeno me aconteceu. No dia anterior chamavam-me menina, no dia seguinte passei a senhora.

O que raio trazemos escrito na testa para dar essa indicação?!

De lá para cá, com muita pena minha, só ouço o “menina” por simpatia.

Homens da blogosfera que por engano aqui vieram parar, senhora não é sinal de respeito. É pesado, é distante, é frio. Menina sim, é um doce! Podem agradecer depois. 😹

Facebookmail

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *